POR LEANDRO MURAD
Comédia
Cartaz Cantando na Chuva
CANTANDO NA CHUVA
Singin' in the Rain
Stanley Donen / Gene Kelly - 1952

Título original: “Singin’ in the Rain”. Ano: 1952. Direção: Stanley Donen, Gene Kelly. Roteiro: Adolph Green, Betty Comden. Elenco: Gene Kelly, Debbie Reynolds, Donald O’Connor, Jean Hagen, Millard Mitchell, Cyd Charisse. País: EUA. Produção: Leow’s, Metro-Goldwyn-Mayer (MGM), RKO-Pathe Studios Inc., Arthur Freed. Fotografia: Harold Rosson. Música: Lennie Hayton.

Sinopse: Durante a transição do cinema mudo para o falado, uma produtora constata que a grande estrela de seus filmes (Hagen) tem uma voz horrível. A solução para a já iniciada produção é contratar alguém para dublá-la, mas o galã da fita (Kelly) se apaixona pela dubladora (Reynolds). “Singin’ in the Rain”, considerado por muitos o maior musical de todos os tempos, reúne várias canções aproveitadas de outros musicais da Metro, quase todas de Arthur Freed e Narcio Herb Brown. Mas o filme é, além disso, uma das grandes sátiras que Hollywood fez de si mesma. Destacam-se o número “Make ‘Em Laught”, de O’Connor, a atuação de Jean Hagan como a cômica antagonista e o longo número do balé, com a participação de Cyd Charisse. Mas, mais do que tudo isso, há a cena mais lembrada de todas, a de Gene Kelly praticando o título do filme.

103 min.