POR LEANDRO MURAD
Comédia
Cartaz Quanto Mais Quente Melhor
QUANTO MAIS QUENTE MELHOR
Some Like It Hot
Billy Wilder - 1959

Título original: “Some Like It Hot”. Ano: 1959. Direção: Billy Wilder. Roteiro: Billy Wilder, I.A.L. Diamond, Robert Thoeren, Michael Logan. Elenco: Marilyn Monroe, Tony Curtis, Jack Lemmon, George Raft, Pat O’Brien, Joe E. Brown, Nehemiah Persoff. País: EUA. Produção: Ashton Productions, The Mirisch Corporation, Billy Wilder. Fotografia: Charles Lang. Música: Adolph Deutsch.

Sinopse: Dois músicos (Lemmon e Curtis) testemunham o Massacre de São Valentim em Chicago. Caçados pela máfia, eles têm de se disfarçar de mulher e fugir com uma orquestra feminina para Miami. No trajeto, conhecem a sedutora Sugar Kane (Monroe). Depois de dezenas de comédias (muitas delas grosseiras) fazendo graça com travestis, é difícil acreditar que um filme cuja premissa básica são dois homens vestidos de mulher seja o mais engraçado de todos os tempos. E, no entanto, “Quanto Mais Quente Melhor” não é menos do que isso. A sucessão de piadas e situações cômicas perfeitas faz desta comédia uma experiência única de riso crescente. Só para destacar alguns aspectos do harmonioso todo, há a paródia de filmes de gangsteres (com participação especial de George Raft), a interação do “milionário” Tony Curtis com Marilyn no iate e, acima de tudo, há Osgood Fielding III. Intruso no triângulo amoroso central, o comediante Joe E. Brown estabelece com Jack Lemmon uma relação cômica inesquecível, que culmina no antológico final.

120 min.