POR LEANDRO MURAD
Faroeste
Cartaz Três Homens em Conflito
TRÊS HOMENS EM CONFLITO
Il Buono, Il Brutto, Il Cattivo
Sergio Leone - 1966

Título original: “Il Buono, il Brutto, il Cattivo”. Ano: 1966. Direção: Sergio Leone. Títulos alternativos: “The Good, The Bad and the Ugly”; “O Bom, o Mau e o Feio”. Roteiro: Luciano Vicenzoni, Sergio Leone, Agenore Incrocci, Furio Scarpelli. Elenco: Clint Eastwood, Lee Van Cleef, Eli Wallach, Aldo Giuffrè, Luigi Pistilli. País: Itália, Espanha, Alemanha Ocidental. Produção: Produzioni Europee Associati (PEA), Arturo González Producciones Cinematográficas S.A., Constantin Film Produktion, Alberto Grimaldi. Fotografia: Tonino Delli Colli. Música: Ennio Morricone.

Sinopse: Dois pistoleiros e ex-companheiros de trapaça (Eastwood e Wallach) fazem aliança para encontrar uma fortuna, escondida em um distante cemitério, antes que um terceiro pistoleiro (Van Cleef, vivendo personagem diferente do que ele interpretara em “Por uns Dólares a Mais”) o faça. A terceira pare da “trilogia dos dólares” de Leone é um verdadeiro épico western, ambientado em plena Guerra Civil Americana. Se Eastwood despontou para o estrelato em “Por um Punhado de Dólares” e Van Cleef se destacou em “Por uns Dólares a Mais”, quem rouba a cena neste terceiro filme é Eli Wallach: o seu Tuco é um dos personagens mais interessantes que o Velho Oeste conheceu. Neste filme, apenas um personagem brilha mais do que ele: a música de Enio Morricone (sim, a canção é tão presente que é praticamente um personagem do filme), uma pequena obra-prima que ficou eternamente associada ao gênero faroeste.

161 min.