POR LEANDRO MURAD
Ficção Científica
Cartaz Duna
DUNA
Dune
David Lynch - 1984

Título original: “Dune”. Ano: 1984. Direção: David Lynch. Roteiro: David Lynch, Frank Herbert (livro “Duna”). Elenco: Kyle MacLachlan, Francesca Annis, Sean Young, Jürgen Prochnow, Kenneth McMillan, José Ferrer, Max von Sydow, Patrick Stewart, Sting, Everett McGill, Alicia Witt, Siân Phillips, Virginia Madsen, Dean Stockwell, Brad Dourif, Richard Jordan, Jack Nance, Leonardo Cimino, Silvana Mangano, Linda Hunt. País: EUA. Produção: Dino De Laurentiis Company, Raffaella De Laurentiis. Fotografia: Freddie Francis. Música: Toto, Brian Eno, Roger Eno.

Sinopse: No ano 10.191, a humanidade conquistou o espaço, estando agora sob o comando de um imperador (Ferrer). No planeta Arrakis, ocorre a extração da especiaria, uma substância que, entre outras coisas, permite que imensas distâncias sejam percorridas sem nenhum movimento. Nesse mundo desértico, também conhecido como Duna, duas casas reais e os guerrilheiros nativos lutarão pelo domínio do cosmos e de seu próprio destino. Esta transposição do clássico de Frank Herbert foi, no ano de 1984, um fracasso de público, de crítica e entre os fãs da obra original. Possivelmente, o estado de saciedade com a recém-concluída space opera de George Lucas desviou a atenção de um produto ainda mais interessante. Hoje, é possível enxergar em “Duna” um filme muito bem envelhecido, envolvente em seu didatismo e com visual hipnotizante. No mínimo, é uma grande porta de entrada para o universo ficcional mais amplo, na literatura.

137 min.