POR LEANDRO MURAD
Ficção Científica
Cartaz Metrópolis
METRÓPOLIS
Metropolis
Fritz Lang - 1927

Título original: “Metropolis”. Ano: 1927. Direção: Fritz Lang. Roteiro: Thea von Harbou, Fritz Lang. Elenco: Brigitte Helm, Alfred Abel, Gustav Fröhlich, Rudolf Klein-Rogge. País: Alemanha. Produção: Erich Pommer. Fotografia: Karl Freund, Günther Rittau, Walter Ruttmann. Música: Gottfried Huppertz, Bernd Schultheis.

Sinopse: A cidade futurista de Metrópolis está dividida entre a classe trabalhadora (vivendo em galerias no subsolo) e a elite mandatária. Nesse contexto, o filho (Fröhlich) do dirigente da cidade (Abel) se apaixona por uma líder operária (Helm), toma conhecimento das condições dos trabalhadores se engaja em sua luta. Um dos maiores clássicos da ficção científica de todos os tempos, “Metrópolis” é, mais do que isso, uma página na história do cinema. É o mais conhecido trabalho do diretor austríaco Fritz Lang e, ao lado de “Nosferatu” (1922), de Murnau, o mais icônico filme do expressionismo alemão. Duas de suas imagens são inesquecíveis: a impressionante cidade futurista (que serviria de modelo para a cidade de “Blade Runner”, em 1982) e os primeiros passos da mulher-máquina, depois convertida em réplica andróide de Maria.

153 min.