POR LEANDRO MURAD
Ficção Científica
Cartaz O Dia em que a Terra Parou
O DIA EM QUE A TERRA PAROU
The Day the Earth Stood Still
Robert Wise - 1951

Título original: “The Day the Earth Stood Still”. Ano: 1951. Direção: Robert Wise. Roteiro: Edmund H. North, Harry Bates (conto “Farwell to the Master”). Elenco: Michael Rennie, Patricia Neal, Hugh Marlowe, Sam Jaffe, Billy Gray, Frances Bavier, Lock Martin. País: EUA. Produção: Twentieth Century Fox Film Corporation, Julian Blaustein. Fotografia: Leo Tover. Música: Bernard Herrmann.

Sinopse: O alienígena Klaatu (Rennie) chega ao planeta Terra em sua nave, juntamente a um indestrutível robô guardião (Martin). Ele traz uma mensagem de paz: a humanidade tem de destruir suas armas e acabar com a guerra, ou será ela mesma destruída, por ser uma ameaça ao Universo. Pouco dispostos a ouvir, os terráqueos tentam capturá-lo e acabam ferindo-o. Em 1951, apenas 6 anos após as bombas no Japão, temia-se uma nova guerra que, mais do que quente, seria nuclear. A mensagem de “O Dia em que a Terra Parou”, portanto, não poderia ser mais oportuna. Enquanto seus congêneres se detinham em engajamentos nacionalistas, a obra-prima de Robert Wise elevou a ficção científica a um novo patamar: o de veículo de olhares filosóficos sobre a humanidade. Não bastasse tudo isso, a narrativa mantém permanente o suspense e o interesse, sob a condução precisa de Wise e a moderna trilha sonora de Herrmann. Enfim, é um filme dos anos 50 que não precisaria de uma refilmagem.

92 min.