POR LEANDRO MURAD
Ficção Científica
Cartaz Vampiros de Almas
VAMPIROS DE ALMAS
Invasion of the Body Snatchers
Don Siegel - 1956

Título original: “Invasion of the Body Snatchers”. Ano: 1956. Direção: Don Siegel. Título Alternativo: “Vampiros da Noite”. Roteiro: Daniel Mainwaring, Richard Collins, Jack Finney (livro “The Body Snatcher”). Elenco: Kevin McCarthy, Dana Wynter, Larry Gates, King Donovan, Carolyn Jones. País: EUA. Produção: Allied Artis Pictures, Walter Wagner Productions, Walter Mirisch. Fotografia: Ellsworth Fredericks. Música: Carmen Dragon.

Sinopse: Médico (McCarthy) de uma pequena cidade dos Estados Unidos descobre que os habitantes do local estão sendo aos poucos substituídos por duplicatas sem emoção. “Invasion of the Body Snatchers” é um filme de relevância histórica sob duas perspectivas distintas. A primeira é por ser um dos melhores do estilo “terror vindo do espaço”, que permeou o cinema fantástico do período. A segunda é por ser o maior exemplo de como a ficção científica foi usada como veículo de propaganda política durante a Guerra Fria: os invasores de corpos seriam uma metáfora para os comunistas, alinhando a produção à ideologia macartista da “caça às bruxas” (ainda que haja quem enxergue no filme uma crítica ao próprio macartismo). Para além do interesse histórico, o filme é uma grande diversão até hoje para os que gostam de um bom suspense espacial. Este seria ainda o primeiro dos muitos clássicos sci-fi do período a ganhar uma refilmagem, em 1978.

80 min.