POR LEANDRO MURAD
Filme de Arte
Cartaz O Encouraçado Potemkin
O ENCOURAÇADO POTEMKIN
Bronenosets Potyomkin
Sergei M. Eisenstein - 1925

Título original: “Bronenosets Potyomkin”. Ano: 1925. Direção: Sergei M. Eisenstein. Roteiro: Nina Agadzhanova. Elenco: Aleksandr Antonov, Vladimir Barsky, Grigori Aleksandrov, N. Poltavtseva, Prokopenko, A. Glauberman, Beatrice Vitoldi. País: União Soviética. Produção: Goskino. Fotografia: Eduard Tisse. Música: Dmitri Shostokovich.

Sinopse: Durante as revoltas contra o regime czarista, na Rússia de 1905, o navio encouraçado Potemkin é palco de um levante de marinheiros. Filmes anteriores ao advento do som, mesmo as obras-primas, devem, em geral, ser apreciados com toda a paciência, ou seja, sem que se esteja com sono. Este filme, de 1925, não só é exceção a essa regra como, até hoje, é um das mais impressionantes experiências em matéria de cinema. Cada uma de suas cinco partes traz imagens e situações tão carregadas de tensão e dramaticidade que a atenção não se afasta da tela, com seus rostos e símbolos que conferem força secular à breve narrativa. Utilizando uma edição precisa, Eisenstein escreveu aqui seu nome definitivamente na história do cinema, e sua influência tem sido celebrada ao longo das décadas. Fora isso tudo, temos em “O Encouraçado Potenkim” um lindo filme, explícito e emocionante, talvez até para os que relativizem ou mesmo discordem da causa defendida.

75 min.