POR LEANDRO MURAD
Policial
Cartaz Anjos de Cara Suja
ANJOS DE CARA SUJA
Angels with Dirty Face
Michael Curtiz - 1938

Título Original: “Angels with Dirty Faces”. Ano: 1938. Direção: Michael Curtiz. Roteiro: John Wexley, Warren Duff, Rowland Brown. Elenco: James Cagney, Pat O’Brien, Humphrey Bogart, Ann Sheridan, George Bancroft, The Dead End Kids. País: EUA. Produção: Warner Bros. Pictures, First National Pictures, Samuel Bischoff. Fotografia: Sol Polito. Música: Max Steiner.

Sinopse: Dois amigos de infância tomam rumos distintos na vida: um (O’Brien) se torna padre, o outro (Cagney), um gângster. Quando o segundo sai da cadeia, vai encontrar seu velho amigo. Este o recebe com alegria, mas teme que ele acabe sendo uma influência negativa para os garotos da vizinhança (os Dead End Kids). Os filmes de gângster do início dos anos 30 eram por vezes questionados porque, diziam alguns, mostravam criminosos como personagens “legais”, que cativavam o público (mesmo quando intuito declarado era protestar contra sua violência, como no caso de “Scarface”). Apenas quatro anos após a implementação do Código de Produção, pode-se notar uma diferença clara neste exemplar do gênero: sem vergonha de ser moralista, “Anjos de Cara Suja” apresenta o “não ser legal” como única postura redentora possível para o gângster, de modo a não dar exemplo para os jovens. Apesar disso, James Cagney ainda está bem legal no filme.

97 min.